A benção de Jacó

A benção de Jacó

ValdemarKrokerPr. Valdemar Kroker usou 2 passagens do livro de Gênesis para falar de 2 momentos distintos da vida de Jacó. No primeiro, descrito em Gênesis 28:10-22, Jacó tem um sonho no qual viu uma escada apoiada na terra; o seu topo alcançava os céus, e os anjos de Deus subiam e desciam por ela.  Ao lado dele estava o Senhor, que lhe disse: “Eu sou o Senhor, o Deus de seu pai Abraão e o Deus de Isaque. Darei a você e a seus descendentes a terra na qual você está deitado. Jacó reagiu fazendo um voto com Deus:”Se Deus estiver comigo, cuidar de mim nesta viagem que estou fazendo, prover-me de comida e roupa, e levar-me de volta em segurança à casa de meu pai, então o Senhor será o meu Deus.”

No segundo, descrito em Gênesis 32:22-32, Jacó está voltando para reencontrar seu irmão Esaú. As circunstâncias são outras. Jacó agora é pai de muitos filhos, um homem de muitas posses, amedrontado pelo fato de reencontrar o irmão. Ele então é confrontado por um homem que se pôs a lutar com ele. Jacó vence a luta e percebe que aquele não é um homem comum, mas sim um enviado de Deus, e pede a sua bênção. A partir deste momento, Jacó passa a se chamar Israel.

Show Buttons
Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google+
Compartilhe por Email
Hide Buttons